Terrain à vendre, Rua Bicalho - Pares de 52 a 138, à Porto, Portugal

400 000 €

Porto, Rua Bicalho - Pares de 52 a 138

Terrain • Réf: ZMPT549508

Identificação do imóvel: ZMPT549508

Descrição do imóvel:
Terreno com 126m2 para construção (capacidade construtiva até 500m2) na Rua do Bicalho e Calçada da Boa Viagem, em Massarelos, Porto

Localização e envolvente:
Localização em zona calma de cariz residencial, com uma ocupação predominantemente habitacional em edifícios tipo moradia, na Rua do Bicalho e Calçada da Boa Viagem. Na envolvente existe oferta de comércio e equipamentos (museus, restauração, supermercado). Junto ao Museu do Carro Eléctrico e da Marginal do Rio Douro. Acessos rápidos às principais vias de comunicação rodoviárias: A1, VCI e Ponte da Arrábida.

Principais características:
- terreno para construção
- 2 frentes rua (orientação sul/norte)
- 2 frentes possíveis para a edificação (sul/norte)

Pontos de interesse:- a 100m do Museu do Carro Eléctrico
- a 140m de um supermercado (Continente)
- a 150m da marginal do Rio Douro
- a 240m da Repsol (abastecedora de combustíveis)
- a 450m da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto
- a 600m do Planetário do Porto (Centro Ciência Viva)
- a 700m do Teatro do Campo Alegre
- a 1,0km dos Jardins do Palácio de Cristal
- a 1,3km do Jardim Botânico do Porto
- a 1,4km da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto
- a 2,0km do Centro Histórico do Porto
- a 3,4km do Estádio do Bessa

Transportes e acessos:
- a 200m da paragem de autocarro
- a 250m da paragem do Eléctrico
- a 2,0km da A1
- a 2,1km da paragem do metro (Casa da Música)
- a 2,2km do acesso à VCI (Arrábida - Freixo)
- a 4,3km do acesso à A28
- a 14,6km do Aeroporto Sá Carneiro

Áreas (segundo a Caderneta Predial Urbana):
- Área do terreno: 126,0000m2

Áreas e índices (resumo):
- número máximo de pisos acima da cota de soleira: A cércea resultante não ultrapasse a moda da cércea da frente urbana do quarteirão onde se situa.

Plano Diretor Municipal:
Este imóvel está classificado no PDM do Município do Porto como Área de frente urbana contínua de tipo I: (…)

SUBSECÇÃO II
Área de Frente Urbana Contínua de tipo I
Artigo 23.º Âmbito e Objetivos
1 As áreas de frente urbana contínua do tipo I correspondem às áreas organizadas em quarteirão, com edifícios localizados, predominantemente, à face dos arruamentos, em que o espaço público e as frentes urbanas edificadas que o conformam se apresentam estabilizados, pretendendo-se a manutenção e valorização das malhas e morfologia existentes.
2 Compreendendo essencialmente quarteirões construídos nos séculos XVIII, XIX ou início do século XX da zona central da cidade, estas áreas integram edifícios significativos e conjuntos de edifícios com interesse patrimonial, caracterizadores de uma imagem da cidade que interessa preservar, pelo que as intervenções a efetuar devem privilegiar a preservação e requalificação dos edifícios existentes, tendo também como objetivo a sua ocupação por usos qualificadores e dinamizadores da vivência urbana.

Artigo 24.º Edificabilidade
1 As obras de edificação regem-se pelas seguintes disposições:
a) Cumprimento dos alinhamentos e do tipo de relação do edifício com o espaço público dominante na frente urbana em que a parcela se integra, exceto nas situações em que já se tenham estabelecido ou se venham a estabelecer novos alinhamentos, devidamente justificados;
b) O alinhamento da fachada de tardoz do corpo dominante do edifício é o definido pelos alinhamentos de tardoz que apresenta maior extensão na frente urbana em que se insere, podendo ser admitido outro alinhamento, designadamente, o definido pelos alinhamentos dos edifícios confinantes a manter, ou os que não venham a prejudicar construções nos prédios vizinhos;
c) Admite-se a construção em cave, para além do plano da fachada de tardoz do corpo dominante, quando não resulte num índice de impermeabilização superior a 0,7 da área da parcela, e desde que esta se situe abaixo da cota do logradouro;
d) No piso situado à cota do logradouro, admite-se o prolongamento construtivo do edifício, não podendo ultrapassar a profundidade de 25 metros medidos a partir do alinhamento da frente urbana e quando não resulte num índice de impermeabilização superior a 0,7 da área da parcela;
e) A cércea resultante não ultrapasse a moda da cércea da frente urbana do quarteirão onde se situa;
f) Na solução de cobertura inclinada, com uma das águas com pendente para o arruamento, o arranque da laje de cobertura deve coincidir com a inserção entre planos de fachada e a laje de teto do último piso e a sua inclinação não deve ser superior a 30.º;
g) Excecionalmente, admitem-se cérceas superiores à moda da cércea da frente urbana, desde que para colmatar empenas de edifícios existentes a manter e garantam uma correta articulação volumétrica com os mesmos;
h) Na construção de novos edifícios ou ampliação de edifícios existentes, em parcela de gaveto, deverão privilegiar-se soluções arquitetónicas adequadas ao conveniente remate urbano das respetivas frentes, dispensando-se, se necessário, do cumprimento do disposto nas alíneas b), c) e d) deste número.
2 Sem prejuízo do disposto no número anterior, admitem-se ainda obras de ampliação dos edifícios existentes desde que sejam conservados todos os elementos arquitetónicos e construtivos que contribuam para a caracterização patrimonial do edifício e da imagem urbana desta zona da cidade, salvaguardando a harmonia das proporções entre a ampliação e a construção pré-existente.
3 Nas situações em que se verifique uma ocupação existente no logradouro, que ultrapasse os parâmetros aplicáveis nesta subcategoria, apenas se admite nova construção ou a ampliação do edifício situado na frente urbana, se ocorrer a demolição de área de edificação equivalente no logradouro.
Artigo 25.º Logradouros e Interior dos quarteirões Os logradouros e interior dos quarteirões devem ser permeáveis, sendo ocupados por coberto vegetal, admitindo-se a criação de espaços de circulação e de estadia, e/ou um anexo com o máximo de 10 m2, desde que não comprometam a existência de um índice de permeabilidade de 0,3 relativo à parcela. (…) in MUNICÍPIO DO PORTO, Aviso n.º 1327/2022, Alteração por adaptação do Plano Diretor Municipal do Porto

Nota final: para maior facilidade na identificação deste imóvel, por favor, refira o respectivo ID. Em caso de agendamento de visita, faça-se acompanhar de um documento de identificação. Muito obrigado!

*****

3 razões para comprar com a Zome

+ acompanhamento

Com uma preparação e experiência única no mercado imobiliário, os consultores Zome põem toda a sua dedicação em dar-lhe o melhor acompanhamento, orientando-o com a máxima confiança, na direção certa das suas necessidades e ambições.

Daqui para a frente, vamos criar uma relação próxima e escutar com atenção as suas expectativas, porque a nossa prioridade é a sua felicidade! Porque é importante que sinta que está acompanhado, e que estamos consigo sempre.

+ simples

Os consultores Zome têm uma formação única no mercado, ancorada na partilha de experiência prática entre profissionais e fortalecida pelo conhecimento de neurociência aplicada que lhes permite simplificar e tornar mais eficaz a sua experiência imobiliária.

Deixe para trás os pesadelos burocráticos porque na Zome encontra o apoio total de uma equipa experiente e multidisciplinar que lhe dá suporte prático em todos os aspetos fundamentais, para que a sua experiência imobiliária supere as expectativas.

+ feliz

O nosso maior valor é entregar-lhe felicidade!

Liberte-se de preocupações e ganhe o tempo de qualidade que necessita para se dedicar ao que lhe faz mais feliz.

Agimos diariamente para trazer mais valor à sua vida com o aconselhamento fiável de que precisa para, juntos, conseguirmos atingir os melhores resultados.

Com a Zome nunca vai estar perdido ou desacompanhado e encontrará algo que não tem preço: a sua máxima tranquilidade!

É assim que se vai sentir ao longo de toda a experiência: Tranquilo, seguro, confortável e... FELIZ!

Notas:
1. Caso seja um consultor imobiliário, este imóvel está disponível para partilha de negócio. Não hesite em apresentar aos seus clientes compradores e fale connosco para agendar a sua visita.
2. Para maior facilidade na identificação deste imóvel, por favor, refira o respetivo ID ZMPT ou o respetivo agente que lhe tenha enviado a sugestão.

Surfaces

Terrain126 m²

Rua Bicalho - Pares de 52 a 138

Porto

Évaluation de la performance énergétiqueAucune donnée
Évaluation de l'impact environnemental (CO₂)Aucune donnée